Artigo Atividade Física


ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA

Um dos principais pilares de uma vida saudável está relacionado à atividade física regular, pois ela pode prevenir diversas doenças e o risco de morte prematura, não importando a idade, raça, volume corporal ou forma física do indivíduo.


Com benefícios vitais cientificamente comprovados e amplamente reconhecidos, que contribuem para uma melhor qualidade de vida, o exercício físico proporciona uma maior resistência ao corpo, o que fortalece também os sistemas cardiorrespiratório e muscular, ocasionando uma melhor coordenação motora e equilíbrio corporal.


A saúde mental também está completamente interligada à atividade física, pois fortalece também o sistema nervoso, otimizando o fluxo de sangue para o cérebro, o que resulta numa melhor capacitação em lidar com problemas e o estresse.


Pessoas que não se mantém fisicamente ativas usam cada vez menos suas potencialidades corporais, um dos fatores mais decisivos no desenvolvimento de doenças degenerativas. Com isso é preciso introduzir os exercícios ao seu dia a dia tendo percepção da real importância que ele representa para o seu organismo.


Segundo informações da Agência Brasil, é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) a prática de 30 minutos de exercícios por no mínimo cinco dias por semana. Esse tempo pode ser contabilizado de forma separada nas atividades do dia a dia, explica a professora do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília, Kênia Mara Baiocchi.


“A atividade física é qualquer movimento que você faça: caminhar, usar a escada para não pegar elevador. E esses 30 minutos não precisam ser juntos. Passear com o cachorro está valendo, cuidar da casa, do jardim”, diz.


Markus Vinicius Nahas, professor Titular do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina diz em seu livro “Atividade física, saúde e qualidade de vida” que um estilo de vida saudável tem que envolver componentes como: nutrição adequada, controle do estresse e atividade física.


O corpo humano freqüentemente necessita de atividades físicas para manter-se em equilíbrio. Ir ao encontro da saúde, praticando exercícios regularmente, aumenta sua expectativa de vida, promove o bem estar e o controle pessoal.

 

Juliano Dileu – Fisioterapeuta
Belo Horizonte/MG – Unidade B – nº 75

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

NAHAS, M.V. e Corbin, C.B. (1992). Educação para aptidão física e a saúde:justificativa e sugestões para implementação nos programas de Educação Física.

Revista Brasileira de Ciência e Movimento, 6(3), 14-24.

NAHAS, Markus Vinicius. Obesidade, controle de peso e atividade física. Londrina: Midiograf, 1999.

NAHAS, Markus Vinicius. Atividade física, saúde e qualidade de vida: conceitos e sugestões para um estilo de vida ativo. 4. ed. Londrina: Midiograf, 2006

U.S. National Physical Activity Plan (Esta informação está em Inglês)

Review: Health benefits of physical activity: the evidence. Warburton DE, Nicol CW and Bredin SS. CMAJ. 2006;174(6):801. (Esta informação está em Inglês)

2008 Physical Activity Guidelines for Americans
O governo federal dos EUA publicou pela primeira vez as Diretrizes 2008 de atividades físicas para norte-americanos. Elas descrevem os tipos e quantidades de atividade física que oferecem benefícios substanciais para a saúde dos norte-americanos. (Esta informação está em Inglês)

 

SITES RELACIONADOS:

http://beverageinstitute.org/brazil/article/health-benefits-of-physical-activity/

http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2013-09-01/oms-recomenda-exerciciosfisicos-diarios-para-populacao-acima-de-18-anos

http://www.sitemedico.com.br/site/boa-forma/fitness/6829-atividade-fisica-uma-questao-desaude-e-bem-estar

http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1690-6.pdf

Comments